segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Campanha de doação de cabelos e lenços acontece terça-feira (23) na UFRN


Amanhã terça-feira (23), a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promove uma campanha de doação de cabelos e lenços, fazendo alusão ao Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama. A ação acontece no Centro de Convivência do campus de Natal, das 8h às 11h e das 14h às 16h.

Para doar os cabelos, é necessário ter comprimento que permita o corte de pelo menos 20 centímetros, além de estar, de preferência, limpo e seco. Uma equipe de profissionais formados no curso de Cabeleireiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) será responsável pela coleta, corte e finalização para as doadoras. Também é possível contribuir doando lenços.

A arrecadação será encaminhada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) para a Associação de Portadores de Câncer de Mossoró e Região, da qual faz parte o ateliê Amor em Fios, onde os cabelos serão adaptados para uso de mulheres em tratamento de câncer.


Observadores da OEA voltam ao Brasil para o segundo turno das eleições

A Missão de Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (MOE/OEA) para as Eleições Gerais do Brasil retornou esta semana ao país para acompanhar o segundo turno das eleições. Os especialistas irão a 11 estados e Ao Distrito Federal.

Além disso, seis pessoas vão observar o processo de votação no exterior em Buenos Aires, Cidade do México, Montreal, Paris, Santiago do Chile e Washington DC. O grupo é comandado pela ex-presidente da Costa Rica Laura Chinchilla e formado por 30 especialistas e observadores.

A missão observou o primeiro turno das eleições, em 7 de outubro, e retomará a análise dos principais aspectos do processo eleitoral.

Após a eleição, será apresentado um relatório contendo as conclusões e recomendações sobre a organização e tecnologia eleitoral, financiamento de campanhas, meios de comunicação e liberdade de expressão, a participação política das mulheres, a justiça eleitoral e participação dos povos indígenas e afro-descendentes


Fim de semana tem homicídios e prisões por embriaguez ao volante na Grande Natal


Uma das vítimas de homicídio era um homem que cumpria pena no sistema semiaberto. Segundo a polícia, ele seguia para a penitenciária João Chaves, na Zona Norte de Natal, onde iria passar a noite custodiado, quando foi executado, por volta das 18h30.

Cerca de uma hora e meia depois, outro homem, de 26 anos, foi assassinado a tiros na zona rural de Ceará-Mirim. Segundo a polícia, ele já tinha passagem por tráfico de drogas. Outra vítima foi um adolescente de 17 anos baleado na madrugada do sábado. Ele foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, porém ele não resistiu aos ferimentos e morreu já à noite.

Os três casos tiveram investigação inicial na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal. No interior, também houve um homicídio em Guamaré e outro em Apodi, no sábado (20).

A Polícia Civil também registrou prisão de sete pessoas por embriaguez, neste sábado (20). Elas foram detidas pela blitz da Lei Seca em Parnamirim e saíam da Festa do Boi, que acontece no Parque Aristófanes Fernandes. Apesar da prisão, todos pagaram fiança e foram liberados.


Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 18 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.089 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite desse sábado, 20, em Santa Helena de Goiás. Foram as seguintes as dezenas sorteadas: 05 – 10 – 32 – 38 – 48 – 49.
A quina teve 29 apostas vencedoras. Cada apostador vai receber R$ 53.143,74. A quadra registrou 2.665 apostas ganhadoras e cada uma receberá R$ 826,14.
O concurso 2.090 está marcado para a próxima terça-feira, 23. Segundo a Caixa, o prêmio estimado é R$ 18 milhões.
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país.. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

domingo, 21 de outubro de 2018

Enem: estudantes podem confirmar inscrição a partir desta 2ª feira


A partir desta segunda-feira (22), os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem acessar os cartões de confirmação da inscrição. Para consultar o documento, é necessário acessar a página do participante, onde deve ser colocado o CPF e senha ou baixar em seu celular o aplicativo Enem 2018. A primeira etapa do exame será aplicada no domingo, dia 4 de novembro.

O cartão contem os dados do estudante, o endereço do local, a data e hora da aplicação da prova, além das informações sobre a língua estrangeira escolhida e recursos de acessibilidade, se tiverem sido solicitados. Caso tenha problema com as informações do cartão ou dificuldade de acesso ao documento, o estudante pode entrar em contato com o MEC pelo telefone 0800616161 ou pelo link Fale Conosco, no site do Enem.

Com a entrada em vigor do horário de verão no mesmo dia da primeira etapa do Exame, em 4 de novembro, o Ministério da Educação recomenda que os inscritos fiquem atentos aos horários de abertura e fechamento dos portões dos locais de prova em cada estado.

Para evitar imprevistos, o MEC recomenda que o estudante planeje o trajeto até o local da prova. O ministério sugere também que os participantes comecem a ajustar o horário de sono e dormir mais cedo uma semana antes do dia da prova.

Confira os horários do fechamento dos portões

No Distrito Federal e nos estados do Espírito Santo, de Goiás, Minas Gerais, do Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e São Paulo, os portões abrem às 12h e fecham às 13h.

Nos estados de Alagoas, do Amapá, da Bahia, do Ceará, Maranhão, de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, da Paraíba, de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Norte, de Sergipe, do Tocantins, os portões abrem às 11h e fecham às 12h.

No Amazonas, em Rondônia e Roraima, os portões abrem às 10h e fecham às 11h. No Acre, os portões abrem às 9h e fecham às 10h, no horário local.

Agência Brasil

Cantor Waldonys passa por problemas durante salto de paraquedas, em Fortaleza


O músico Waldonys passou por uma emergência ao saltar de paraquedas neste domingo (21), em Fortaleza.

Conforme relato postado pelo cantor no Instagram, o equipamento principal não funcionou e foi necessário recorrer ao paraquedas reserva.

“Tirando a emergência, a operação foi show de bola!”, disse o músico, que já possui experiência na modalidade e em outras práticas radicais.

Waldonys sobrevoava a Praia do Futuro, a uma altura aproximada de 6 mil pés, o que equivale a cerca de 1.800 metros

Câmara terá 47 deputados com potencial para representar o varejo


Dos 513 deputados federais eleitos em 2018, 47 têm potencial para defender as pautas de varejistas ou empreendedores do setor de comércio e serviços em Brasília, incluindo o e-commerce.
Segundo levantamento feito pelo E-Commerce Brasil, com base nas informações de cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e da Câmara dos Deputados, esses nomes teriam experiência de mercado para pelo menos entender as demandas apresentadas pelo setor.
A maior parte dos parlamentares que se adequam a esse perfil informou ser empresário ou administrador de empresas. Entre os 47 selecionados, apenas cinco se proclamaram comerciantes. Nenhum tem relação direta com o comércio eletrônico.
São Paulo foi o estado com maior número de representantes (12 eleitos), seguido por Minas Gerais, com sete, e Ceará e Rio de Janeiro, empatados com cinco cada um.
No Rio Grande do Norte, o único deputado escolhido pela pesquisa foi Fábio Faria (PSD).

Metodologia

O levantamento foi feito com base nas informações cadastradas pelos próprios deputados no registro da candidatura. Nela, constam dados como nome, endereço de e-mail e profissão.

Foram selecionados candidatos que se declararam comerciantes, vendedores de comércio varejista, administradores de empresas, diretores e empresários, independentemente do partido político.
Com base no histórico profissional de cada representante eleito, a lista chegou a 47 potenciais nomes. Isso não significa, necessariamente, que as pautas relacionadas ao varejo e as demandas de empreendedores estejam entre as prioridades desses parlamentares.